Trem a Nova Friburgo: O passado manda lembrança


Reunião de Ferroviários, na AENFER, com os Dep. Federais Paulo Feijó e Anthony Garotinho

Reunião dos Ferroviários no dia 16.05.13, na AENFER, com os Deputdos Federais Paulo Feijó e Anthony Garotinho

[nggallery id=13]


A Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários critica à VALEC anomalias de perdas salariais da classe ferroviária e insiste na criação da comissão paritária.

Oficio n.º 027/13 – FNTF

ILMO. SR.
PAULO ROBERTO ALVES RODRIGUES
MD. SUPERINTENDENTE DE RECURSOS HUMANOS, SUBSTITUTO
DA VALEC ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E FERROVIAS S.A.
BRASILIA – DF.

Prezado Senhor:

Acusamos o recebimento do expediente de 14.10.13, através do qual nos cientifica do acatamento parcial da nossa proposta de Acordo Coletivo, em favor dos ferroviários, hoje remanescentes, com suas atividades na VALEC.

Ao contrário do afirmado em forma de jubilo, as noticias que nos chegaram não foram tão boas como apregoadas.

Na verdade, o pretendido não é tão somente a correção da tabela salarial pelos índices inflacionários. Entendemos e almejamos a necessidade de criação de uma comissão paritária que dê continuidade aos estudos das perdas salariais, mesmo com a correção imediata de 6,49% que nos é oferecida e acatada por nós. Entendemos que com a criação da comissão paritária, no decorrer dos meses que se seguirão, desenvolveremos estudos para recuperarmos as perdas que a classe vem sofrendo há mais de 10 anos, como é do conhecimento de todos. Os cinco primeiros níveis da tabela salarial em vigor, estão aquém do salário mínimo.

Sabemos que estes trabalhadores têm seus vencimentos remunerados pelo salário mínimo, mas há de se convir que isto provoca achatamento dos demais níveis, em perverso prejuízo para todos.

Igualmente, como também é do amplo conhecimento, os ferroviários punidos pelo regime de exceção e anistiados pelos governos democráticos subsequentes, tiveram seus níveis salariais corrigidos historicamente, pelos índices inflacionários, enquanto que os demais, que também representamos, ficaram por vários anos com seus salários congelados. A partir desse momento, surge o disparate, não menos perverso. A mesma tabela salarial apresenta valores diferenciados.

Portanto, a comissão paritária terá o tempo necessário para analisar tecnicamente o assunto e fazer cumprir a justiça social à classe dos trabalhadores ferroviários, através da reposição salarial a quem tem direito e foi lhes subtraído.

Assim, proporcionará aos atuais gestores e governantes indicados pelo Partido dos Trabalhadores, fazer valer a filosófica que o partido preconiza desde sua criação, resultando no amplo sucesso eleitoral por três escrutínios seguidos.

É importante realçar que os verdadeiros ferroviários, aqueles que por mais de um século e meio, transportaram as riquezas do País, que defenderam, muitas vezes, com a própria vida, a legalidade para a posse de Presidentes da República democraticamente eleitos, ao mesmo tempo em que enfrentavam o regime de exceção, estão agora abandonados, à mercê da própria sorte, esquecidos pela filosofia social, preconizada por um partido político, que ajudaram a construir. Infelizmente, entendemos que pela leitura do documento supra referido, a nossa proposta de criarmos uma comissão paritária, é jogada por terra, em face do mal entendido por aqueles que mediaram nossa primeira reunião, ao analisarmos a proposta pelo acordo coletivo 2.012/2013.

Portanto a FNTF, permanece aberta ao diálogo na disposição de que a comissão paritária seja formada a fim de rever a tabela salarial dos ferroviários da extinta RFFSA, eliminando-se de uma vez por todas, mais uma anomalia com consequentes perdas para a categoria.

Cordialmente.

HéliodeSouzaRegatodeAndrade
HÉLIO DE SOUZA REGATO DE ANDRADE
Presidente – F.N.T.F.


Em reunião com a classe ferroviária, os deputados federais Paulo Feijó e Anthony Garotinho se comprometeram em montar uma base parlamentar no congresso nacional, em defesa das ferrovias e dos ferroviários

Prezados (as) Associados (as)

Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Leopoldina (AEEFL), Federação Nacional dos Trabalhadores Ferroviários (FNTF), Federação das Associações dos Engenheiros Ferroviários (FAEF), Sindicato dos Ferroviários da Leopoldina, Associação dos Aposentados da RFFSA (AARFFSA), Associação Mútua dos Ferroviários da Leopoldina, tendo como anfitriã nossa co-irmã a Associação de Engenheiros Ferroviários (AENFER), AARFFSA, Mútua e Sindicato da Leopoldinaagendaram com os Deputados Federais Paulo Feijó (ferroviário) e Anthony Garotinho (genro de ferroviário), lider do PR na Câmara dos Deputados, uma reunião realizada no auditório da AENFER, no dia 16 de maio de 2013, às 15 horas, conforme comunicado previamente aos associados, para tratar de assuntos de interesse da Classe Ferroviária.

Os Ilustres Convidados tiveram a oportunidade de falarem sôbre suas trajetórias políticas e com muito estusiasmo ficaram de organizar uma base parlamentar em defesa da causa ferroviária e dos ferroviários. O ex-Governador Garotinho ficou de agendar uma audiência das Entidades Ferroviárias com o Ministro dos Transportes, Engº Cesar Borges, para que pudessemos levar ao Ministro nossas preocupações e reivindicações.

Também por solicitação do Deputado Garotinho, ficou acertado reuniões mensais, no Rio de Janeiro, onde seriam discutidos e apresentado o resultado dos avanços conseguidos.

As fotos realizadas por nosso Diretor 1º Secretário Ivan Nascimento, procura mostrar o interesse dos associados em participar da discussão nesse importante encontro.

Para divulgar o evento a Associação transmitiu por email aos associados e entidades de classe as seguintes notas:

Prezado Presidente da AENFER,

Engº Luiz Lourenço de Oliveira

A Associação dos Engenheiros da E. F. Leopoldina, através de nosso sócio e Representante em Brasília, Deputado Federal Paulo Feijó, agendou para o próximo dia 16 de Maio (5ª Feira) às 15 hs, uma Reunião com o líder do Partido da República (PR) na Câmara dos Deputados, Deputado Federal Anthony Garotinho, para que possamos levar as preocupações e reivindicações da Classe Ferroviária ao Ministério dos Transportes e outros Órgãos do Governo Federal.

Em função da sede da AENFER se situar em local de fácil deslocamento para os ferroviários, solicitamos a participação e apoio da AENFER e da possibilidade da sessão do auditório dessa co-irmã, para que possamos agendar o citado evento.

Desde já agradecemos sua atenção.
Atenciosamente,
Almir Ferreira Gaspar
Presidente da AEEFL

Prezado Presidente da AEEFL
Eng. Almir Ferreira Gaspar
Acusamos o recebimento do seu e-mail, solicitando a cessão do auditório da AENFER, no próximo dia 16, às 15 horas, para reunião com o Deputado Federal, o Ferroviário Paulo Feijó e o Ex-Governador do RJ Anthony Garotinho, para tratar das preocupações e reivindicações da classe ferroviária.
Expusemos a solicitação à nossa Diretoria, o que foi aprovado, empenhando a AENFER todo o seu apoio para o sucesso do evento, em prol da classe ferroviária.
Atenciosamente,
Eng. Luiz Lourenço de Oliveira
Presidente da AENFER


Comunicação da FNTF sobre o ACT 2013/2014 em 14.06.2013

COMPANHEIROS:

A FNTF E OS SINDICATOS RELACIONADOS, MANTIVERAM HOJE (14.06.2013 ÀS 10H30M) REUNIÃO DE NEGOCIAÇÕES COM A VALEC – SUCESSORA DA EXTINTA RFFSA, REPRESENTANDO A EMPRESA DR. PAULO RODRIGUES, INFORMOU AS BASES ESTIPULADAS PELO DEST (DEPARTAMENTO DE COORDENAÇÃO EGOVERNANÇA DAS ESTATAIS DO GOVERNO), COM VISTAS A CELEBRAÇÃO DE ACORDO COLETIVO RELATIVO À DATA BASE 01.05.2013, REAFIRMANDO A INTENÇÃO DE CONCESSÃO DO ÍNDICE DA INFLAÇÃO DO PERÍODO EM 6,49%, GARANTIA DA DATA BASE 01.05, IMPLANTAÇÃO DAS NOVAS LEGENDAS DO SIAPES (SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DO GOVERNO) E A POSSIBILIDADE DE INCLUSÃO DE BENEFICIOS DO PLANO DE SAÚDE, PLANO ODONTOLÓGICO E AUXÍLIO CRECHE, BEM COMO A MANUTENÇÃO DE TODAS AS CLAUSULAS CONSTANTES DO ÚLTIMO ACORDO COLETIVO ASSINADO
OS REPRESENTANTES DAS ENTIDADES, APÓS ESSA RODADA DE NEGOCIAÇÕES, SOLICITARAM AO PREPOSTO DA EMPRESA QUE RETOMASSE O CONTATO COM O DEST PARA REFORÇAR NOSSA SOLICITAÇÃO, QUE CONSIDERAMOS CRUCIAIS PARA OS TRABALHADORES FERROVIÁRIOS, QUE SÃO AS CLÁUSULAS DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS SALARIAIS BEM COMO A REVISÃO DA MATRIZ SALARIAL DO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS.

NOVA RODADA DE NEGOCIAÇÃO ESTÁ MARCADA PARA O INÍCIO DO MÊS DE JULHO/13.

SAUDAÇÕES SINDICAIS.
HÉLIO REGATO – PRESIDENTE DA FNTF.
JOÃO CALEGARI – PRESIDENTE DO STEFERGS.
ALVACIR BALTHAZAR – PRESIDENTE DO STEFPR/SC.
ELUIZ MATOS – PRESIDENTE DO STEFSP.
PAULO DE TARSO – PRESIDENTE DO STEFRJ.
JOÃO PAULO – VICE PRESIDENTE DO SEESP.
J.C.MACHADO – SECRETÁRIO GERAL STEFZM.