Sorteio para uso dos Imóveis da Associação

SORTEIO DOS PERÍODOS MODULARES DE OCUPAÇÕES DOS IMÓVEIS

Abaixo, relacionamos os módulos de férias, cujos prazos de inscrições, sorteios e demais condições estão descritos a seguir:

 

MÓDULO

PERÍODO

01

03/12/2012 a 10/12/2012

02

10/12/2012 a 17/12/2012

03

17/12/2012 a 21/12/2012

04

22/12/2012 a 26/12/2012
NATAL

05

26/12/2012 a 04/01/2013
REVEILLON

06

04/01/2013 a 07/01/2013

07

07/01/2013 a 14/01/2013

08

14/01/2013 a 21/01/2013

09

21/01/2013 a 28/01/2013

10

28/01/2013 a 04/02/2013

11

04/02/2013 a 08/02/2013

12

08/02/2013 a 18/02/2013
CARNAVAL

13

18/02/2013 a 25/02/2013

14

25/02/2013 a 04/03/2013

15

25/03/2013 a 01/04/2013
SEMANA SANTA

 

As reservas poderão ser feitas através do telefone (021) 2273-1647, ou em nossa sede, com a funcionária Ana Lúcia até 30/10/2012,diariamente de 09:00 h às 17:00 h. O sorteio dos módulos será realizado no dia 05/11/2011 às 15:00 h.

Os associados sorteados deverão confirmar a reserva, com o pagamento de 50% do valor até o dia 10/11/2011 via DEPÓSITO BANCÁRIO IDENTIFICADO em nossa conta corrente no BANCO BRADESCO – AGÊNCIA: 1125 – C/C: 77824-9 ou em nossa secretaria.

Ocorrendo desistência da reserva pelo 1º colocado, a reserva do módulo passará para o 2º colocado e assim sucessivamente, não cabendo devolução da importância paga ao associado desistente.

VALOR DA DIÁRIA R$ 80,00 (oitenta reais).


Leia em Associados – Documentos -urgente – convocação

Leia a carta de convocação para eleição para Conselheiros Representantes da Associação no Plenário do CREA-RJ


Prescrição dos atrasados vai até 2013

Caro associado

Conforme comunicado que divulgamos anteriormente aos nossos associados, a AEEFL firmou entendimentos com escritório de advocacia no Rio de Janeiro para que os associados interessados possam ajuizar ações pleiteando o pagamento de diferenças referentes à atualização monetária e juros sobre as verbas pagas a título de dissídios/acordos coletivos, recebidas pelos ferroviários a partir de junho de 2007 e relativas aos anos de 2004, 2005, 2006 e 2007.

Inicialmente, divulgamos o entendimento de que tais ações deveriam ser propostas até o dia 14 de junho de 2012, considerando que os pagamentos foram realizados a partir de 14 de junho de 2007. No entanto, temos sido procurados por vários associados, que não puderam obter a documentação necessária em tempo hábil e que têm interesse no ajuizamento da demanda. Assim, consultamos o escritório de advocacia, que afirmou existir a possibilidade de ajuizamento das ações, sustentando que o prazo de 5 (cinco) anos de prescrição somente poderia ser computado a partir do último pagamento dos atrasados relativos ao ano de 2004, realizado em março de 2008.

Desse modo, ainda que esta tese possa vir a ser contestada pela defesa da União Federal, existem argumentos jurídicos fortes no sentido de sustentar que o direito ao recebimento da correção monetária e dos juros, sobre as parcelas pagas em atraso, somente se iniciou com o último pagamento referente ao ano de 2004, pois apenas nesta ocasião confirmou-se que tais verbas não tinham sido devidamente corrigidas. Há, portanto, ainda a possibilidade de propositura das ações,
nas quais o escritório irá sustentar que não ocorreu a prescrição.

As ações individuais serão propostas perante os Juizados Especiais Federais da Seção Judiciária do Rio de Janeiro.
Os documentos que devem ser encaminhados são; procuração devidamente assinada, cópias da identidade, CPF, comprovante de residência e contracheques, extratos ou RELAÇÃO DETALHADA DOS CRÉDITOS DE PROVENTOS PAGOS PELO INSS, ENTRE OS ANOS DE 2004 A 2008.

Assim, informamos que a partir da presente data, estaremos recebendo em nossa sede as referidas documentações para o ajuizamento das competentes ações na jurisdição da cidade do Rio de Janeiro, Grande Rio e Niterói. As ações a serem propostas em Juiz de Fora deverão ser encaminhadas ao Escritório Dr. PABLO GOMES, siuado a Av. Rio Branco, 2001 – sala 806 – CENTRO – JUIZ DE FORA MG, Tel.: (32) 32147149 e (32) 88367505.

BUSQUE SEUS DIREITOS. A AEEFL EXISTE PARA LHE SERVIR.

CONSELHO DIRETOR.

Anexo:
Contrato Prestação de Serviço
Procuração


AENFER e AEEFL na TV Rio Câmara.

Os presidentes da Associação de Engenheiros Ferroviários, AENFER Luiz Lourenço de Oliveira e da Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Leopoldina, AEEFL Almir Ferreira Gaspar participaram no dia 16 de agosto do programa “Acontece no Rio Especial” da TV Câmara do Rio de Janeiro, conduzido pelas jornalistas Silvia Serra e Luciana Cabizieri.

Eles foram convidados para falar sobre as inovações e investimentos nos setores das ferrovias e também nas rodovias.

O presidente da AENFER engenheiro Luiz Lourenço deu sua opinião sobre o novo programa do governo anunciado essa semana que pretende investir 113 bilhões de reais em concessões de ferrovia e rodovia. Ele louvou a iniciativa em alavancar as ferrovias e disse que não há outro caminho senão o aumento do setor ferroviário, tanto de carga como de passageiro.

Embora seja a favor do plano, Luiz Lourenço ponderou alguns pontos e acha que devemos esperar os resultados acontecerem e de que forma será trabalhada essa concessão.

Em relação ao Rio de Janeiro, o presidente da AEEFL engenheiro Almir Gaspar entende que esses investimentos já deveriam ter começado pelo menos nos últimos 20 anos. Ele considera que pela falta de investimentos por parte do governo, houve a necessidade de abrir processo de concessão, no entanto, o setor privado deveria ter investido mais em toda a região que utiliza o transporte de trens de passageiros. Ele acredita que a demanda seria muito maior em relação às décadas de 1970 e 1980.

Almir Gaspar lembrou que a criação da Empresa de Planejamento e Logística – EPL tem a mesma finalidade do antigo Geipot e espera que essa empresa coordene todo o planejamento que é necessário para o desenvolvimento do país, que atue com mais eficiência e menos burocracia no sentido de alavancar a indústria ferroviária.

O engenheiro salientou a importância da interligação dos setores ferroviário e rodoviário como transporte urbano. Disse que é fundamental o ônibus fazer o fluxo para o trem e metrô, não só pelos grandes eventos que vamos ter na capital, mas para a população que utiliza os transportes coletivos.

O último bloco do programa foi sobre o seminário Transtrilhos, o transporte sobre trilhos que o Rio precisa, evento realizado nos dias 08, 09 e 10 de agosto no Clube de Engenharia promovido pela AENFER e que reuniu um grande número de participantes.

Luiz Lourenço falou dos três temas abordados durante o seminário: Transporte sustentável e mobilidade urbana no primeiro dia; Novos cenários Fluminenses e a logística do transporte de carga no segundo dia e no último dia O futuro do transporte interurbano de médio e longo percurso. Ele disse que a ideia é trazer uma resposta para o público de tudo que foi abordado por especialistas no assunto e espera que as autoridades responsáveis pelo setor de transporte ouçam as opiniões de engenheiros preparados, professores que trabalham há anos nessa área e que podem contribuir para um melhor planejamento urbano.

O objetivo do seminário era mover, despertar os ferroviários e o Rio de Janeiro para a importância da ferrovia. Acreditamos que conseguimos pelo interesse e participação do público durante os três dias do seminário, finalizou o presidente da AENFER.

O programa “Acontece no Rio Especial” da TV Câmara vai ao ar pelo canal 12 da Net na primeira semana de setembro.


A história do trem no Brasil